>

Laboratório de Integração
Governo, Universidades e Empresas

 

UPE encerra o semestre 2021.2 com entrega de oito projetos em parceria com o LIGUE-ATI, ARPE, SCGE e Secretaria de Administração

 
 
Convênio levou desafios de Órgãos da Administração Estadual. Neste semestre, servidores públicos da Agência Regulatório de Pernambuco (ARPE), Secretaria da Controladoria Geral do Estado (SCGE) e Secretaria de Administração do Estado (SAD) trabalharam junto aos estudantes de graduação e pós na construção de projetos para as disciplinas Mineração de Dados e Inteligência Artificial. Estes órgãos seguem o exemplo da Procuradoria Geral do Estado onde os projetos em parceria acontecem  desde 2018. Devido à pandemia de COVID-19, todas as aulas (reuniões) permaneceram acontecendo no formato virtual. Em breve o código e documentação estarão disponíveis no repositório da ATI junto como legado do programa. 
 

Professor Álvaro Pinheiro é Palestrante na 17ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 

O Instituto Federal da Bahia - IFBA, Campus Euclides da Cunha, promoveu a 17ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia - SNCT, em formato de Webinar por conta da pandemia, nos dias 29 e 30 de outubro. O tema deste ano foi Inteligência Artificial: A nova fronteira da ciência brasileira.

Foto: Álvaro Pinheiro (arquivo 

Foto: Álvaro Pinheiro (arquivo)

“Existem vários tipos de Inteligência Artificial: sistemas que pensam como humanos, que automatizam atividades com tomadas de decisões , e que buscam a resolução de problemas através da aprendizagem “, explicou o
coordenador de Sistemas, Automação Digital e Inovação da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE) e Analista em Gestão de Tecnologia da Informação (AGTIC) da Agência Estadual de Tecnologia da Informação de Pernambuco (ATI), o professor Álvaro Pinheiro, um dos palestrantes destaques da semana .
Assista à palestra na íntegra pelo link : Palestra Álvaro Pinheiro

 

PGE recebe seis novos motores de Inteligência Artificial do "Sala de Aula Aberta"

 
 
 
Os primeiros resultados do Projeto Aurora, de desenvolvimento de soluções de inteligência artificial para a Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE), foram apresentados nesta quarta-feira (9/9) em reunião por videoconferência. O trabalho foi desenvolvido desde março no Programa Sala de Aula Aberta (SAA), da Universidade de Pernambuco (UPE), em parceria com a Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI-PE). Mesmo com a pandemia afetando o cronograma inicial, os alunos da Pós-Graduação em Engenharia da Computação da UPE desenvolveram seis motores de IA para solucionar problemas apresentados por procuradores do Estado que participam do programa.

Os primeiros engenhos atenderam a demandas relacionadas ao potencial de recuperação e ranking da dívida ativa, melhores canais de cobrança, perfis de devedores e sonegadores, identificação de potenciais sonegadores e distribuição de processos. “Esses motores foram desenvolvidos dentro sala de aula, com a expertise do procurador, trazendo os dados e dizendo o que gostaria de obter. Assim, são produtos específicos e o primeiro passo para o desenvolvimento das ferramentas de IA que vão contribuir para melhorar o desempenho e a efetividade do trabalho da Procuradoria”, explica o professor Fernando Buarque, coordenador do SAA.

Nessa primeira etapa, as soluções focaram em temas da Procuradoria da Fazenda Estadual apresentados pela procuradora-chefe Fernanda Braga e pelos procuradores Bruno Lemos, André Barros Leite e Rodolfo Cavalcanti. Agora, no semestre remoto iniciado esta semana na UPE, o Sala de Aula Aberta se expande para atender também a necessidades das Procuradorias do Contencioso e Consultiva, além da Corregedoria. Para isso, contará com 40 alunos de graduação e pós-graduação dedicados exclusivamente ao desenvolvimento desses produtos em conjunto com procuradores do Estado, com resultados previstos para serem apresentados em dois meses e meio.

 

Com participação do LIGUE-ATI, UPE finaliza semestre de Computação Inteligente na Pós Graduação

 
Encerramento da Discíplina Computação Inteligente 2020.3
 

O semestre especial foi realizado totalmente em ambiente virtual. Na conclusão, 6 módulos foram entregues ao Laboratório de Inteligência Governamental (LIGOV-PGE), responsável por dar continuidade ao desenvolvimento até que as funcionalidades possam ser integradas à "Aurora", ampliando ainda mais a  plataforma de Inteligência Artificial da PGE. Neste semestre os servidores Saint-Clair Ramos e Hélder Silva, do LIGUE, colaboraram na construção dos motores em conjunto com os alunos da pós graduação da UPE e os procuradores do estado.

 

 ATI, CTM e IFPE  realizam entrega de projeto para pessoas com deficiência

 
 
Para auxiliar a mobilidade urbana das pessoas com deficiência, a plataforma SIGABEM está foi criada por pesquisadoras do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) em parceria com Grande Recife Consórcio de Transporte (CTM) e a Agência Estadual de Tecnologia da Informação de Pernambuco (ATI), com o apoio da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (FACEPE). A plataforma SIGABEM é composta por um aplicativo para dispositivos móveis e por um sistema de informações geográficas na web (SIGWEB). O aplicativo para dispositivos móveis tem o objetivo de melhorar a acessibilidade de pessoas com deficiência ao transporte público da Região Metropolitana do Recife (RMR) a partir do fornecimento de consultas sobre paradas de ônibus, horários dos ônibus, realização de denúncias, sugestões ou elogios acerca do serviço e da estrutura do transporte público e outras funcionalidades. O projeto utiliza a metodologia ágil Scrum para desenvolvimento de software, o framework React Native baseado na linguagem Javascript e Web Services.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Av. Rio Capibaribe, 147, 1º andar, São José - 50020-080 - Recife/PE - (081) 3181.8004